sábado, 1 de janeiro de 2011

Pilares imaginários

A existência nutre-se de pilares imaginários
em suas noites sufocantes devido a ausência
chamas consomem cavaleiros templários
e pilares imaginários sustentam a existência...



de datas marcadas guia-se a humanidade
desejos reprimidos e estocados na inconsciência
restou a indiferença frente a insanidade
de pilares imaginários refastela-se a existência...



fizemos amor
e ao fazer amor:



fizemos o amor parecer mágico
fizemos o amor parecer divertido
fizemos o amor parecer trágico
fizemos o amor parecer pervertido



fizemos amor
e isso basta...


porque ao fazermos amor


fizemos o amor parecer trágico
fizemos o amor parecer divertido
fizemos o amor parecer mágico
fizemos o amor merecer sentido



em frases repletas de ira repousam corações frios
que lutam em vão contra sua própria cadência
os que se julgam oceanos são apenas tóxicos rios
de pilares imaginários alimenta-se a existência



Alan Medrado

Nenhum comentário:

Postar um comentário